Antigo blog Anderson Ribeiro

Há quem, com seus superpoderes, domine ler pensamentos. Destes, há quem os ouça, inclusive. Nestes, costumo provocar ilusão de áudica. Anderson Ribeiro
Visite o novo blog em www.andersonribeiro.com.br

junho 19, 2007

Problematização

São
Sonoros os sonhos surreais:
Sopros e solfejos e catarro.
Síntese da substância
Subproduto
Suave ou suado
Sôfrego ou sossegado
Sintomático, sem sentir.
Sombras avulsas
Sonhos convulsos
Subir para o sul
Sem norte
Sem sentido
Sem saber
Esses sentires
Soberbos e
Suas sempre obsolescências.
Esses somentes
Suas sementes
Seus segredos
Sem mais
Esses só.


De Anderson Ribeiro

junho 17, 2007

Máquina do Tempo

Penso no tempo do qual desapercebo em seu instante e dou conta do haver de domá-lo. Não Mensurar horas... contabilizar dias ou segundos, mas, saber, sem saber, não perder... tempo. Tangente no corpo, na alma... o prazer. Sou eu, do meu tempo, o Senhor, pois o corpo acompanha o tempo do sorriso ou do desassossego, do cansaço ou da superação... do corpo. Máquina do pensar, feliz aquele que faz do corpo, máquina do tempo.


De Anderson Ribeiro

Caráter

Não tenho palavra:
Meu querer não está pronto.

De Anderson Ribeiro
Related Posts with Thumbnails